O que é shell script? Entenda e veja exemplos de aplicações

O que é shell script? Essa pode ser uma pergunta bastante comum para quem está começando no sistema Linux.

O Linux oferece diversas soluções para a área de Tecnologia da Informação, facilitando muito a vida dos administradores de sistemas. 

No entanto, nem todos os profissionais de TI estão a par de todas as suas vantagens e das ferramentas que podem ser incorporadas a ele.

Entre elas está o Shell Script, que é muito útil no processo de automatização de tarefas. E neste artigo nós vamos explicar o que ele é e exemplos práticos de aplicação.

Afinal, o que é um arquivo shell script?

Damos o nome de shell script a arquivos que serão interpretados pelos programas do tipo Shell. 

Com ele é possível criar vários comandos para o Linux. Ou seja, criar tarefas que serão feitas de tempos em tempos, fazendo a automação desse processo, além de scripts de inicialização e outras funcionalidades.

Scripts

Sempre que um ator vai fazer uma cena, seja no cinema, televisão ou teatro, ele recebe um script. Um texto que possui várias informações sobre como ele deve agir durante a cena, quais os pontos importantes para o desenrolar da narrativa.

Os scripts no computador funcionam de forma muito semelhante. Eles são uma série de instruções que ditam a forma como o aparelho deve executar as tarefas x, sempre de acordo com o programado.

As linhas de código, dentro da linguagem de programação, podem usar um script para, por exemplo, contabilizar o número de acessos diários, se é feito pelo desktop ou mobile, geolocalização e muito mais.

Os scripts podem, é claro, ir muito além disso. Com eles é possível mudar o visual da página, as cores, layout e até, como citamos acima, adicionar funções úteis para a página.

Shell

De modo geral, podemos dizer que Shell é uma camada que possibilita aos usuários acessar e configurar comandos no sistema operacional. 

Para entender melhor, imagine uma tartaruga. Ela possui uma carapaça que a envolve e protege do mundo exterior. Assim, o corpo dela propriamente dito, não sobre grandes danos.

De forma prática, o Shell funciona como uma espécie de interface intermediária entre o usuário e o sistema operacional. Ele tem funções seletivas e só permite a execução de ações de acordo com o nível de acesso de cada usuário.

Entretanto, basicamente, existem dois tipos de Shell: o CLI e o GUI.

CLI

Sigla de “Command Line Interface”, ou seja, aqueles que têm a interface baseada em uma linha de comando. Em outras palavras, para que qualquer ação seja executada é preciso que um comando equivalente seja digitado.

GUI

 Sigla de “Graphical User Interface”.  Neste caso, é feito o uso da interface gráfica para que os mesmo comando não precisem ser digitados mais de uma vez.

Em resumo, seja através de uma interface gráfica ou com a linhas de comando, o Shell realiza ações básicas do sistema operacional com o intuito de administrar melhor os dados do computador.

Isso pode acontecer com os arquivos que estão armazenados no dispositivos ou, até mesmo, na execução de demais aplicativos.

Estrutura da linguagem shell script: principais aspectos

estrutura-de-linguagem-shell-script O que é shell script? Entenda e veja exemplos de aplicações

Agora que já sabemos o que é shell script, vamos nos aprofundar na sua linguagem!

Assim como outras linguagens de programação, a linguagem shell script possui variáveis em sua estrutura, além de decisões e laços de repetição. Confira algumas delas!

Variáveis

De forma básica, quase todas as variáveis na linguagem de Shell Script são do tipo string. É possível, claro, fazer uma conversão do tipo de variável a depender do tipo de operação que se deseja executar.

Existe a possibilidade de criar array, fazer operações aritméticas, entre outras funções.

No entanto, no caso das variáveis  que realmente são do tipo string, o indicado é que se faça o uso de aspas para que não haja o risco do interpretador tentar executar a string como uma forma de comando.

Operadores

A realização de cálculos matemáticos no Shell Script pode acontecer através de diversos operadores aritméticos:

  • + Adição
  • – Subtração
  • * Multiplicação
  • / Divisão
  • % Modulo
  • ** Exponenciação

No entanto, fazer as operações não é uma tarefa tão simples assim. As variáveis seguem o padrão strings, o que faz com que sejam necessárias algumas manobras para executar as operações.

Veja abaixo como fazer operações aritméticas.

  • variavel=2
  • variavel2=3
  • variavel3=”CertificacaoLinux”
  • tentativaSoma=$variavel+$variavel2
  • echo “Valor da variavel3 é: $variavel3”
  • echo “Valor da tentativaSoma é: $tentativaSoma”

Já quando falamos dos operadores de comparação, a Shell Script tem características pouco diferentes das demais linguagens de programação. Veja abaixo:

  • -eq (equal): Igual à;
  • -ne (not equal): “Não igual” ou Diferente de;
  • -lt (less than): Menor que;
  • -gt (greater than): Maior que;
  • -le (less or egual): Menor ou igual à;

Estruturas de decisão

Toda linguagem de programação faz uso de estruturas de decisão para controlar o fluxo do sistema através de decisões lógicas. 

Essas decisões são escritas por meio de expressões lógicas que fazem uso dos operadores de comparação para avaliar se aquela expressão é ou não verdadeira. 

Aplicações da programação em shell script

aplicacao-shell-script O que é shell script? Entenda e veja exemplos de aplicações

O shell script pode implementar diversas aplicações muito úteis ao sistema. Listamos algumas delas abaixo!

Automação de tarefas

Com o shell script é possível automatizar as tarefas rotineiras da sua máquina, como por exemplo atualizações de sistema, fazer upgrade, limpeza, etc.

Manipulação de arquivos

Também é possível criar, editar, localizar e organizar arquivos por meio de shell script.

Backup de dados

O shell script também pode ser usado para configurar diretórios para que sejam feitos backups automáticos, e inserir neles argumentos utilitários.

Dessa forma, arquivos mortos podem ser movidos ou copiados para outro local.

Conclusão

Ficou claro o que é shell script? Ele é uma excelente ferramenta e que “facilita” a vida do usuário e do administrador. Afinal, a automatização de tarefas agiliza as entregas e aumenta a confiabilidade no processo.

E para saber como aplicar o shell script no Linux venha conosco e  aprenda Linux com a Plataforma de Ensino mais completa do mercado!