fbpx
Whatsapp (31) 3069-8315
atendimento@certificacaolinux.com.br
Linux Professional Institute oferece exames on-line

Em resposta ao fechamento de muitos de seus locais de testes globais, o Linux Professional Institute (LPI) oferecerá testes online aos candidatos. 

O LPI começará a oferecer os exames Linux Essentials e LPIC-1 (101 e 102) em inglês pelo sistema Pearson VUE OnVUE em 31 de maio de 2020. Os candidatos poderão fazer os exames e obter a certificação em casa. Exames e idiomas adicionais serão disponibilizados o mais rápido possível.

Os candidatos poderão agendar seus exames on-line a partir de 31 de maio. Mais instruções sobre o processo de registro e testes serão publicadas em https://www.lpi.org/coronavirus

Os preços e a duração dos exames permanecem inalterados. Para mais detalhes sobre nossos exames e processo de exame, consulte aqui

Amostra do Livro Linux para Desenvolvedores

Preencha o formulário abaixo para ter acesso a amostra do livro LINUX PARA DESENVOLVEDORES

Red Hat libera versão completa para plataforma de Linux

A Red Hat informou que já está disponível para o mercado o Red Hat Enterprise Linux 8.2 (RHEL 8.2), a versão mais recente da maior plataforma de Linux empresarial do mundo. O anúncio foi feito durante o Red Hat Summit, principal evento anual da companhia, realizado virtualmente entre os dias 28 e 29 de abril.

Com o Linux continuando a crescer como a espinha-dorsal da TI corporativa, diminuir as barreiras para novos e atuais usuários é um foco importante para o Red Hat Enterprise Linux 8.2. “Hoje as organizações precisam fazer mais com tecnologias que já estão presentes em seus stacks de software; precisam levar à estabilidade operacional e manter os serviços disponíveis, muitas vezes com equipes de TI reduzidas ou trabalhando remotamente, diz Stefanie Chiras, vice-presidente e gerente-geral do Red Hat Enterprise Linux na Red Hat.

Projetado para atender as necessidades da era da cloud híbrida, o RHEL 8.2 amplia as capacidades de monitoramento e performance da plataforma. Com novos recursos inteligentes de gerenciamento e monitoramento, oferece uma experiência mais tranquila para os usuários e ferramentas aprimoradas de containers. O Red Hat Enterprise Linux tem uma melhor capacidade para otimizar cargas de trabalho sensíveis por meio de políticas de serviço NUMA e sub-NUM e performance Co-Pilot (PCP) 5.02, com novos agentes de coleção para Microsoft SQL Server 2019. Além disso, pode ajudar a detectar, diagnosticar e abordar possíveis problemas de maneira inteligente, antes que eles tenham impacto nos processos.

Para estender ainda mais a segurança de cargas de trabalho em containers, o Red Hat Enterprise Linux 8.2 introduz ainda o Udica, uma nova ferramenta para criar políticas de segurança para SELinux customizadas e centradas em containers de forma mais simplificada. Quando aplicada a uma carga de trabalho específica, Udica pode reduzir o risco de um processo “escapar” de um container e causar problemas em outros containers ou no próprio host.

  • Fonte: http://www.decisionreport.com.br/mercado/red-hat-libera-versao-completa-para-plataforma-de-linux/#.XrHiWC-gSL8

Como atualizar para Ubuntu 20.04

O Ubuntu 20.04 chegou e já está agradando muito.

Esta versão do Ubuntu é uma grande atualização para usuários de desktop, servidor e nuvem.

O Ubuntu 20.04 vem com o Kernel 5.4, lançado em novembro de 2019, que trouxe um módulo especial de segurança que torna muito mais difícil o comprometimento da conta do root.

O novo Kernel também trouxe o suporte nativo ao sistema de arquivos do Windows exFAT, e ao ZFS da Oracle (se você ainda não conhece o ZFS, leia nosso artigo).

Ele também inclui um utilitário Secure Boot e autenticação multifator Fast ID Online (FIDO) Secure Shell (SSH), que permite login con segurança sem senha.

Se quer baixar a versão 20.04, use esse link.

Mas se você usa o Ubuntu 18.04, você pode fazer o upgrade usando o programa “Update Manager” no terminal, digitando o comando:

update-manager -d

image-1 Como atualizar para Ubuntu 20.04

Basta seguir o Wizard de atualização:

image-2 Como atualizar para Ubuntu 20.04

Para finalizar, é só reiniciar o sistema:

image-3 Como atualizar para Ubuntu 20.04
Como Atualizar o Fedora para 32

Saiu o Fedora 32!

Se você é fã desta distribuição, pode baixar sua cópia aqui.

Mas se você é fã mesmo, e já usa o Fedora, pode fazer o upgrade seguindo os passos a seguir:

1o Passo: atualize os seus pacotes:

sudo dnf upgrade –refresh

2o Passo: reinicie o sistema

sudo reboot

3o Passo: instale o plugin do DNF para o upgrade:

sudo dnf install dnf-plugin-system-upgrade

4o Passo: Comece a fazer o update:

sudo dnf system-upgrade download –releasever=32

5o Passo: termine o update:

sudo dnf system-upgrade reboot

upgrade-fedora-31-to-fedora-32 Como Atualizar o Fedora para 32

Feito isso, você já pode começar a usar seu Fedora 32!

Como desativar respostas do ping no Linux

Desativar o PING pode ser uma boa estratégia de segurança, evitando que curiosos utilizem o PING para varrer redes em busca de Hosts ativos para tentar exploits.

Outro bom motivo, é evitar o “flood” de Ping na rede, que pode ser feito com a opção “-f” do ping, inundando o host de destino com vários pacotes de ping.

Essa abordagem não requer filtros de pacotes do Netfilter.

Para Desabilitar a resposta do Ping Temporariamente

Você pode desativar temporariamente a resposta ping usando o seguinte método.

echo “1” > /proc/sys/net/ipv4/icmp_echo_ignore_all

Observe que essa configuração não sobrevive após a reinicialização do sistema.

Para voltar as respostas de ping, use o comando a seguir:

echo “0″ > /proc/sys/net/ipv4/icmp_echo_ignore_all

Para desativar a resposta ping permanentemente

Você pode desativar permanentemente a resposta ping usando o método a seguir.

Etapa 1: Edite o arquivo /etc/sysctl.conf e adicione a seguinte linha.

net.ipv4.icmp_echo_ignore_all = 1

Etapa 2: Execute sysctl -p para implantar essa configuração imediatamente.

sysctl -p

Feito isso, os pacotes de ping recebidos serão simplesmente descartados.

livros para LPIC
Livro Completo para LPIC-1

Nada é mais valioso neste mundo do que o seu próprio conhecimento. E se esse conhecimento puder ser acompanhado de uma Certificação de peso Internacional, melhor ainda. 

2_livros Livro Completo para LPIC-1

Estes livros preparatórios para a Certificação LPIC-1, exames 101 e 102, têm tudo que você precisa para passar no exame, fruto de 15 anos de experiência do prof. Uirá Ribeiro com mais de 9 mil alunos.

Além de todo o conteúdo atualizado, este é um livro Multimídia, com códigos QR-CODE para que você assista os comandos que está aprendendo na prática. É um livro totalmente didático e focado para que você passe no exame da Certificação LPIC-1, versão 5.0 da prova.

Captura-de-Tela-2020-02-28-às-09.42.03 Livro Completo para LPIC-1

E o livro ainda conta com Mapas Mentais, são recursos visuais extremamente úteis para facilitar o aprendizado e memorização de conteúdo, além de “Tabela Resumo” para você memorizar.

Captura-de-Tela-2020-02-28-às-09.42.24 Livro Completo para LPIC-1

Prof. Uirá Ribeiro é formado em Processamento de Dados e Mestre em Sistemas Distribuídos. Tem 8 livros publicados e há 15 anos ministra aulas de Linux, com mais de 9 mil alunos certificados.

Adorei

★★★★★
Melhor livro de LPIC!
- Carla

LPCI-1 Administrator

★★★★★
O Livro está excelente, super organizado e com dados atuais. Parabéns
- Leandro Saldini

Melhor livro para LPIC-1

★★★★☆
Gosto muito dos livros do professor Uirá Ribeiro. Eles são bem completos e detalhados. Esta nova edição nos deixam mais preparado para o novo exame da LPIC-I. Eu tenho os livros em PDF que me facilitam nas consultas quando preciso relembrar determinados assuntos. Muito bom!
- Rodrigo Paiva

Livro Certificação Linux LPIC-1

★★★★★
Excelente livro. Completo e eficiente para o aprendizado de Linux, tanto para o dia a dia como para certificação
- Edson Donizete do Amaral

Livro completo

★★★★★
Ajuda bastante no preparo para as certificações.
- Erick

Livro Excelente

★★★★★
Adquiri o livro do para me preparar para a prova LPI 1 e o resultado foi excelente. O livro é muito rico em detalhes e direto ao ponto. Recomendei para vários colegas de profissão que acabaram adquirindo e gostando do material também.
- Rayssa Cardoso

MUITO BOM

★★★★★
Livro excelente! Meus parabéns professor Uirá!
- Jonatan Ávila Grigorio

Certificação Linux

★★★★★
Ótimo!
- Samuel

Livro LPIC-1

★★★★★
- Adriano

Primeiro Livro ja na versão 5.0

★★★★★
Quando comecei a estudar para LPI, muitos materiais ainda estavam na versão 4, logo que pesquisei por um material atualizado da LPI, encontrei o do Profº Uirá. O material é excelente, facil aprendizado, claro e objetivo, e o melhor, eu que pretendo fazer a certificação em inglês, consegui a versão em português e inglês, com o um excelente preço. Pode investir sem medo.
- Douglas S Uguccioni

Ótimo material

★★★★★
Conteúdo muito bem elaborado. Fonte de referência essencial para Administradores Linux (SysAdmins) e quem pretende fazer os exames LPIC.
- Carlos

PDF Livro LPIC

★★★★★
Os livros e o material online são ótimos. Gostei da nova oferta sobre XK0-004, mas ainda estou em dúvida. Meus parabéns professor!
- Guilherme de Jesus

Muito bom!

★★★★★
Parabéns pelo belo trabalho. Está ajudando muito! Obrigada
- Juliana

Certificação Linux

★★★★★
Ótimo!
- Samuel

Livro CompTIa Linux XK0-004
Livro CompTIA Linux+
livro_comptia_linux_novo-1024x735 Livro CompTIA Linux+

Tenho uma novidade espetacular pra você.

Acabamos de lançar meu novo Livro para a prova de Certificação CompTIA Linux+, exame novo XK0-004.

É um livro que ficou sensacional, com formato grande (A4) e 684 páginas. Tivemos que fazer uma bitela de livro, porque senão não dava pra imprimir em um volume só!

E o livro ainda tem mapas mentais, 130 vídeo-aulas e mais de 300 simulados online. Completinho!!!  Meu melhor livro até agora!

Além disso, pra quem comprar o livro, ganha um desconto de 48% (isso mesmo quarenta-e-oito-por-cento-em-dolar-meu-amigo!) na compra da prova. De 329 dolares por apenas 159 dólares. Mas… é sempre tem um mas…. por tempo limitado, tá? Então cooooooorre!

Porque, onde já se viu uma certificação bacana, internacional, reconhecida, muito foda, por apenas 159 dolares? Uma provinha só! Vapt-vupt!  Só aqui e só com o nosso Livro!

E pra ficha cair de vez, a Certificação da CompTIA tem o peso da LPIC-1 e LPIC-2 e com pitadas de DevOps. É uma super-certificação! 

E o preço do livro? Apenas 12x….. ah, você vai ter que clicar pra ver. Imperdível!

Perdeu Senha do Root?

Perder a senha do root pode ser um problema. No entanto, há duas maneiras de recuperar a senha:

A primeira, é utilizar uma conta de usuário que faça parte do grupo de “sudoers”, e possa trocar a senha do root utilizando o comando sudo:

$ sudo su –
# passwd

Se não for possível entrar no sistema com alguma conta privilegiada, ainda assim é possível reiniciar o computador, e entrar no modo de emergência para efetuar a troca de senha do root.

Em sistemas Debian/Ubuntu, o passo a passo é:

  1. Reiniciar o computador;
  2. Entrar no Menu do Grub;
  3. Escolher a linha do Menu que será usada para o boot;
  4. Apertar a tecla “E” para editar a linha;
  5. Procurar no editor a linha que começa com “linux” ou “linux16“;
  6. No final desta linha, dar um espaço, e acrescentar o número 1;
  7. Pressionar Ctrl-X para reiniciar o sistema;
  8. Use o comando passwd para alterar a senha de root;
  9. Reiniciar o sistema normalmente;

Em sistemas como CentOS e Fedora, especialmente aqueles que usam o SELinux, é um pouco diferente:

  1. Reiniciar o computador;
  2. Entrar no Menu do Grub;
  3. Escolher a linha do Menu que será usada para o boot;
  4. Apertar a tecla “E” para editar a linha;
  5. Procurar no editor a linha que começa com “linux” ou “linux16“;
  6. Procurar nesta linha por “ro” (readonly). Apague o “ro” e escreva no lugar: “rw init=/sysroot/bin/sh
  7. Pressionar Ctrl-X para reiniciar o sistema;
  8. Digite “chroot /sysroot”;
  9. Use o comando passwd para alterar a senha de root;
  10. Se o sistema usar o SELinux, force-o a reetiquetar a partição raiz com o comando “touch /.autorelabel
  11. Digite “exit“;
  12. Reinicie o sistema normalmente com o comando “reboot“;
Open chat