Como verificar versão linux: guia completo com comandos e informações

Ao instalar uma distribuição Linux é possível saber de qual versão se trata. Mas em alguns casos, você pode ficar perdido.

Por exemplo, caso você use uma distribuição disponibilizada por uma empresa ou cliente e não queira perguntar para este sobre a versão Linux, basta executar passos simples.

Não saber sobre qual terminal está utilizando pode te causar problemas, afinal, alguns comandos são diferentes a depender da distro. 

Por isso, neste artigo vamos te ensinar uma série de comandos via terminal para verificar sua versão do Linux. 

Boa leitura!

Verificar versão Linux e outras informações com o comando uname

verificar-versao-linux-comando-uname Como verificar versão linux: guia completo com comandos e informações

O comando uname é responsável por exibir as principais informações do sistema Linux. Ao utilizá-lo, é possível descobrir a versão do kernel, sistema operacional e outros dados.

Abaixo, separamos as principais opções do comando. Confira:

Comando uname com a opção -a (mostra todas as informações)

O comando uname -a reúne todas as informações do sistema que está sendo utilizado. Veja um exemplo:

# uname -a

Linux linux-7rxb 2.6.25.18-0.2-pae #1 SMP 2008-10-21 16:30:26 +0200 i686 i686 i386 GNU/Linux

Comando uname com a opção -s (mostra o nome do kernel)

O comando uname -s revela qual é o nome do Kernel. Veja:

# uname -s

Linux

Comando uname com a opção -n (mostra o nome do hostname)

O comando uname -n é capaz de mostrar o nome do local da máquina em questão. Confira na prática:

# uname -n

linux-7rxb

Comando uname com a opção -r (mostra a distribuição do kernel)

Quer descobrir a distribuição do Kernel? O comando uname -r pode te ajudar. Assim, você verá esta estrutura no terminal:

# uname -r

2.6.25.18-0.2-pae

Comando uname com a opção -v (mostra a versão do kernel)

A partir do comando uname -v, você consegue visualizar a versão do Kernel. Veja um exemplo:

# uname -v

1 SMP 2008-10-21 16:30:26 +0200

Qual a última versão do kernel do Linux?

É necessário entender que o Kernel do Linux é disponível em algumas características principais.

  • Pré-patch: o pré-patch são como versões beta do Kernel. Basicamente, são disponibilizados pré-lançamentos da linha principal para desenvolvedores ou usuários interessados. Eles são testados para depois serem lançados em uma versão estável;
  • Linha principal (Mainline): a linha principal é onde todos os novos recursos são introduzidos. A cada 9-10 semanas, uma nova versão mainline é lançada;
  • Stable: após o lançamento do Kernel, ele passa a ser classificado como estável. Essa versão é sempre atualizada com atualizações de bugs;
  • Longterm: as versões longterm não precisam de atualizações constantes. Ou seja, neste tipo de Kernel, somente correções de bugs relevantes são aplicadas. Os lançamentos, neste caso, não são frequentes.

Existem também kernels de distribuição, ou seja, que são próprios da versão do Linux que você está usando. 

A última versão Mainline é a 5.19-rc3, a última versão Stable é a 5.18.6, as últimas versões longterm são 5.15.49, 5.10.124 e 5.4.200. 

Para instalar de forma prática e acompanhar as novas atualizações, acesse o site oficial do Kernel Linux

Comando uname com a opção -m (mostra o nome do hardware)

Voltando aos comandos para verificar a versão Linux, temos a opção -m, que é capaz de mostrar o nome do hardware. 

# uname -m

i686

Comando uname com a opção -p (mostra o processador)

Caso você queira descobrir o processador da sua máquina, basta utilizar o comando com opção -p. Assim:

# uname -p

i686

Comando uname com a opção -i (mostra a plataforma do sistema)

Para descobrir a plataforma do sistema, use a opção -i:

# uname -i

i386

Comando uname com a opção -o (mostra o sistema operacional)

O comando uname -o revela o sistema operacional em utilização. Confira o exemplo:

# uname -o

GNU/Linux

Verificar versão Linux com o comando cat

verificar-versao-linux-comando-cat Como verificar versão linux: guia completo com comandos e informações

Outra forma para verificar a versão Linux é inserindo o comando cat e depois acessando o diretório /etc. Este diretório armazena as principais informações do sistema.

Mais especificamente, o arquivo os-release é o responsável por exibir o nome da distribuição, a versão e o nome da versão. 

Desse modo, abra o terminal e insira o comando:

cat /etc/os-release

Nem toda informação exibida a partir deste comando é igual para todas as distribuições Linux. Mas uma coisa é certa: em qualquer versão é possível coletar os dados básicos que precisa.

Verificar versão Linux com o comando lsb_release

O comando lsb_release é capaz de exibir a versão do Linux. No entanto, ele não está disponível em algumas distribuições. Geralmente, funciona em distros baseadas em Debian.

A opção -a é a que verifica e revela a versão do Linux. Desse modo, o comando será:

lsb_release -a

Verificar versão Linux com o comando hostnamectl

Ainda existem outros comandos para verificar a versão do Linux. Neste tópico, vamos te ensinar sobre o hostnamectl.

Grande parte das atuais distribuições Linux utilizam o systemd. Dentro do sistema, é possível usar o comando em questão.

Embora o comando foque no nome do host, as informações exibidas também contemplam o ID da máquina, a versão do sistema, a versão do Kernel e a arquitetura.

Quais são as versões do Linux Ubuntu?

Existem muitas versões do Linux Ubuntu, registradas desde 2004. A primeira versão, por exemplo, foi a Ubuntu 4.10.

As versões com Longo Tempo de Suporte (LTS), em ordem de lançamento são:

  • Ubuntu 6.06 LTS;
  • Ubuntu 8.04 LTS;
  • Ubuntu 10.04 LTS;
  • Ubuntu 12.04 LTS;
  • Ubuntu 14.04 LT;
  • Ubuntu 16.04 LTS;
  • Ubuntu 20.04 LTS.

Já as últimas versões lançadas são a 20.10, a 21.04, 21.10 e, a mais recente, 22.04 LTS. 

Por isso, recomendamos que essa versão seja a instalada, pois, além de ser a mais nova, também terá suporte por um bom tempo.

Quer se aprofundar como um profissional de Linux?

Conheça a variedade dos nossos cursos em Linux, do preparatório para certificações oficiais como a LPIC, até cursos para aprender skills específicas e alavancar a sua carreira.

Conclusão

Agora você conta com diversas soluções para verificar a versão Linux. Caso algum dos comandos não funcione, teste todas as opções que disponibilizamos.

Gostou deste conteúdo? Também recomendamos a leitura do seguinte artigo: “Debian vs Ubuntu: comparamos tudo o que é importante para você”
Para encontrar mais informações úteis sobre o universo Linux, acesse o nosso blog!