fbpx
Whatsapp (31) 3069-8315
atendimento@certificacaolinux.com.br
Linux Essentials
Certificação Linux Essentials

A Certificação Linux Essentils é ideal pra quem está começando em T.I. ou sabe muito pouco de Linux. O valor da prova também agrada muito!

linux-essentials Certificação Linux Essentials

Esta certificação é a porta de entrada para um mundo novo!

A Certificação Linux Essentials valida o profissional de T.I. iniciante ou que sabe pouco de Linux a:

  • Ter conhecimento de aplicativos de código aberto no local de trabalho, pois eles se relacionam com equivalentes de fonte fechada.
  • Saber conceitos básicos de hardware, processos, programas e componentes do sistema operacional Linux.
  • Saber como trabalhar na linha de comando e com arquivos.
  • Saber como criar e restaurar backups e arquivos compactados.
  • Saber sobre Segurança do sistema, usuários / grupos e permissões de arquivos para diretórios públicos e privados.
  • E como criar e executar scripts simples.

O melhor de tudo é o preço da prova: US$ 105, que dá algo em torno de R$ 400,00.

Tópicos da Certificação

1.1 Linux e sistemas operacionais populares

TÓPICO 1:COMUNIDADE LINUX E UMA CARREIRA EM OPEN SOURCE

Descrição:Conhecimento de desenvolvimento Linux e grandes distribuições.

Áreas de Conhecimento:

  • open source Philosophy
  • Distributions
  • Embedded Systems

Termos:

  • Android
  • Debian, Ubuntu (LTS)
  • CentOS, openSUSE, Red Hat
  • Linux Mint, Scientific Linux

1.2 Principais aplicações de código aberto

Descrição: Conhecimento de aplicações importantes, bem como seus usos e desenvolvimento.

Áreas de Conhecimento:

  • Desktop Applications
  • Server Applications
  • Development Languages
  • Package Management Tools and repositories

Termos:

  • OpenOffice.org, LibreOffice, Thunderbird, Firefox, GIMP
  • Apache HTTPD, NGINX, MySQL, NFS, Samba
  • C, Java, Perl, shell, Python, Samba
  • dpkg, apt-get, rpm, yum

1.3 Compreendendo Software de Software Livre e Licenciamento

Descrição: Comunidades abertas e licenciamento de software de código aberto para empresas.

Áreas de Conhecimento:

  • Licensing
  • Free Software Foundation (FSF), open source Initiative (OSI)

Termos:

  • GPL, BSD, Creative Commons
  • Free Software, open source Software, FOSS, FLOSS
  • open source business models

1.4 Habilidades em TIC e Trabalho em Linux

Descrição: Habilidades básicas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e trabalho em Linux.

Áreas de Conhecimento:

  • Desktop Skills
  • Getting to the Command Line
  • Industry uses of Linux, Cloud Computing and Virtualization

Termos:

  • Using a browser, privacy concerns, configuration options, searching the web and saving content
  • Terminal and Console
  • Password issues
  • Privacy issues and tools
  • Use of common open source applications in presentations and projects

TÓPICO 2: ENCONTRANDO SEU CAMINHO EM UM SISTEMA LINUX

2.1 Noções básicas da linha de comando

Descrição: Noções básicas de usar a linha de comando do Linux.

Áreas de Conhecimento:

  • Basic shell
  • Command line syntax
  • Variables
  • Globbing
  • Quoting

Termos:

  • Bash
  • echo
  • history
  • PATH env variable
  • export
  • type

2.2 Usando a linha de comando para obter ajuda

Descrição: Execução de comandos de ajuda e navegação dos vários sistemas de ajuda.

Áreas de Conhecimento:

Man
Info
Termos:
man
info
Man pages
/usr/share/doc/
locate

2.3 Usando Diretórios e Arquivos de Listagem

Descrição: Navegação de diretórios e sistema e listagem de arquivos em vários locais.

Áreas de Conhecimento:

  • Files, directories
  • Hidden files and directories
  • Home
  • Absolute and relative paths

Termos:

  • Common options for ls
  • Recursive listings
  • cd
  • . and ..
  • home and ~

 
2.4 Criando, movendo e excluindo arquivos

Descrição: Criar, mover e excluir arquivos e diretórios no diretório pessoal.

Áreas de Conhecimento:

Files and directories
Case sensitivity
Simple globbing and quoting
Termos:

mv, cp, rm, touch
mkdir, rmdir

TOPIC 3:O PODER DA LINHA DE COMANDO

3.1 Arquivando Arquivos na Linha de Comando

Descrição:Arquivamento de arquivos no diretório inicial do usuário.

Áreas de Conhecimento:

  • Files, directories
  • Archives, compression

Termos:

  • tar
  • Common tar options
  • gzip, bzip2
  • zip, unzip

3.2 Pesquisando e extraindo dados de arquivos

Descrição: Pesquise e extraia dados de arquivos no diretório pessoal.

Áreas de Conhecimento:

  • Command line pipes
  • I/O re-direction
  • Basic Regular Expressions ., [  ], *, ?

Termos:

  • grep
  • less
  • cat, head, tail
  • sort
  • cut
  • wc

3.3 Como transformar comandos em um script

Descrição: Transformando comandos repetitivos em scripts simples.

Áreas de Conhecimento:

  • Basic shell scripting
  • Awareness of common text editors

Termos:

  • #! (shebang)
  • /bin/bash
  • Variables
  • Arguments
  • for loops
  • echo
  • Exit status

TÓPICO 4: O SISTEMA OPERACIONAL LINUX

4.1 Escolhendo um sistema operacional

Descrição: Conhecimento dos principais sistemas operacionais e distribuições Linux.

Áreas de Conhecimento:

  • Windows, Mac, Linux differences
  • Distribution life cycle management

Termos:

  • GUI versus command line, desktop configuration
  • Maintenance cycles, Beta and Stable

4.2 Compreendendo o hardware do computador

Descrição: Familiaridade com os componentes que vão para a construção de computadores desktop e servidores.
Áreas de Conhecimento:

  • Hardware

Termos:

  • Motherboards, processors, power supplies, optical drives, peripherals
  • Hard drives and partitions, /dev/sd*
  • Drivers

4.3 Onde os dados são armazenados

Descrição: Onde vários tipos de informações são armazenadas em um sistema Linux.

Áreas de Conhecimento:

  • Programs and configuration, packages and package databases
  • Processes, memory addresses, system messaging and logging

Termos:

  • ps, top, free
  • syslog, dmesg
  • /etc/, /var/log/
  • /boot/, /proc/, /dev/, /sys/

4.4 Seu Computador na Rede

Descrição:  Consultando a configuração de rede vital e determinando os requisitos básicos para um computador em uma rede local (LAN)

Áreas de Conhecimento:

  • Internet, network, routers
  • Querying DNS client configuration
  • Querying Network configuration

Termos:

  • route, ip route show
  • ifconfig, ip addr show
  • netstat, ip route show
  • /etc/resolv.conf, /etc/hosts
  • IPv4, IPv6
  • ping
  • host

TÓPICO 5:PERMISSÕES DE SEGURANÇA E ARQUIVO 

5.1 Segurança básica e identificação de tipos de usuário

Descrição: Vários tipos de usuários em um sistema Linux.

Áreas de Conhecimento:

  • Root and Standard Users
  • System users

Termos:

  • /etc/passwd, /etc/group
  • id, who, w
  • sudo, su

 5.2 Criando usuários e grupos

Descrição: Criação de usuários e grupos em um sistema Linux.

Áreas de Conhecimento:

  • User and group commands
  • User IDs

Termos:

  • /etc/passwd, /etc/shadow, /etc/group, /etc/skel/
  • id, last
  • useradd, groupadd
  • passwd

5.3 Gerenciando permissões de arquivos e propriedade

Descrição: Compreensão e manipulação de permissões de arquivos e configurações de propriedade.

Áreas de Conhecimento:

  • File/directory permissions and owners

Termos:

  • ls -l, ls -a
  • chmod, chown

5.4 Diretórios e Arquivos Especiais

Descrição: Diretórios e arquivos especiais em um sistema Linux, incluindo permissões especiais.

Áreas de Conhecimento:

  • Using temporary files and directories
  • Symbolic links

Termos:

  • /tmp/, /var/tmp/ and Sticky Bit
  • ls -d
  • ln -s
LPIC-1 Versão 5.0

Lançamos a versão 5.0 do curso para LPIC-1.

Agora que a prova da LPIC-1, 101 e 102, na versão 5.0, já estão disponíveis em Português, nosso curso também já está atualizado!

linux-versao-5.0 LPIC-1 Versão 5.0

Confira em: https://www.certificacaolinux.com.br/certificacao-linux/cursos/curso-de-linux-para-lpic-1/

Excelente!

★★★★★
- Janderson da Silva Jetto

Muito Bom

★★★★★
- Jayme Alvares G Filho

LPIC-101, LPIC-102 e CompTIA Linux+

★★★★★
ótimo livro ! parabéns pelo ótimo trabalho
- luiz ferraz

Recomendadissimo

★★★★★
Já obtive minha LPIC-1 e agradeço ao curso feito aqui, porque ajudou muito na obtenção da certificação
- Adriano de França Santos

Gostei demais...

★★★★★
Curso perfeito e excelente didática, Parabéns.
- José Luís Da Silva

Excelente

★★★★★
Ainda estou no Linux essencial.
- Fabio

Ótimos cursos

★★★★★
Os cursos do professor Uirá são ótimos para quem está se preparando para as certificações LPI e CompTIA Linux+ bem como para o mercado de trabalho. O professor aborta os assuntos de forma clara, concisa e objetiva. Além da teoria ganha-se muita prática podendo especialmente aplica-la através dos laboratórios GNU/Linux online disponíveis através do portal do aluno. Recomendo!
- Rodrigo Paiva

Ótimo Curso

★★★★★
O curso tem ótima didática, estou aprendendo muito com o livro e as videoulas.
- Charles Alves Fonseca

Melhor curso preparatório

★★★★★
O conteúdo abordado pelo prof. Uirá foi o melhor pro meu preparatório para LPI 1. Eu vinha de outro S.O e as aulas lecionadas aqui me ajudaram tanto para estudo quanto para manipulação do Linux no dia a dia. Aprendi muito rápido! Só tenho a agradecer ao professor Uirá pela excelente didática e material de estudo.
- Rayssa Cardoso

Material mais que essencial

★★★★★
Os assuntos são mostrados de maneira mais ampla, na medida certa dentro da prova. É um material atualizado, contendo o conteúdo que será abordado. Cria confiança de que o que está estudando é para passar e não para te enrolar. Recomendo!
- Edson

Certificação Linux LPI-1

★★★★★
Excelente livro. Além de me ajudar a estudar para a certificação também é um ótimo guia de referência. Muito didático.
- Giordane
Quanto custa uma prova da CompTIA Linux?

Planeje seu orçamento para fazer as provas da CompTIA Linux+ até outubro e obter a certificação LPIC-1 junto

Você pode comprar os vouchers para fazer a prova da CompTIA diretamente no site da CompTIA Linux+

De acordo com o site, cada prova sai por US$ 329.

Cupom de Desconto para Prova CompTia Linux

MAS, você pode comprar o livro CompTIA Linux+, e obter o desconto acadêmico de 329 por 159 dólares.

livro_comptia_linux_amazon-790x1024 Quanto custa uma prova da CompTIA Linux?
cupomdesconto Quanto custa uma prova da CompTIA Linux?

Mas eu não tenho cartão internacional

Se preferir, pode comprar em reais de um site parceiro nosso em até 10x no cartão nacional.

Aprenda muito mais sobre Linux em nosso curso online. Você pode fazer a matrícula aqui com trial de 7 dias grátis. Se você já tem uma conta, pode acessar aqui.

Gostou? Compartilhe 🙂

Qual é a diferença entre os exames lpi e comptia?

A diferença é brutal!

A CompTIA já mudou a sua prova, deixando de aplicar as certificações LX0-103 – equivalente a LPIC-101, e a LX0-104 – equivalente a LPIC 101.

A prova da CompTIA Linux+ é uma ótima opção para quem quer almejar gerência, coordenação e direção de ambientes de TI.

Isso por que a prova da CompTIA Linux juntou LPIC-1+LPIC-2+DevOps e bateu no liquidificador, peneirou um pouco e serviu. 😀

Veja o que você precisa estudar para a prova XK0-004 da CompTIA Linux+

Aprenda muito mais sobre Linux em nosso curso online. Você pode fazer a matrícula aqui com trial de 7 dias grátis. Se você já tem uma conta, pode acessar aqui.

Gostou? Compartilhe 🙂

Guia de Estudos para LPI

Sempre existiu e vai existir uma lacuna no mercado de TI: os profissionais que saem das faculdades nem sempre estão preparados para aquilo que o mercado quer e precisa.

Ainda mais no mercado de TI, onde a velocidade é muito grande e as tecnologias mudam e se aprimoram a cada 6 meses.

Desta maneira, a indústria de TI, formada por grandes empresas, como IBM, HP, SuSe, Microsoft, Cisco, Intel, RedHat, Apple, dentre outras, se reuniram através de associações ou programas próprios de certificações para preencher essa lacuna no mercado de profissionais capazes de trabalhar com eficácia nas suas plataformas, equipamentos e tecnologias.

Duas grandes organizações reconhecidas mundialmente para cumprir esse papel de certificar os profissionais de TI são a CompTIA e a LPI.

A LPI surgiu em 1999 com o objetivo de criar uma certificação independente da distribuição Linux, de forma que seus profissionais certificados estão aptos a trabalhar com qualquer versão de Linux. O LPI conta com três níveis de certificação: LPIC-1, LPIC-2 e LPIC-3. Cada nível pretende certificar um profissional apto a desempenhar tarefas que devam ser executadas com um crescente grau de dificuldade e complexidade.

A CompTIA tem um programa de certificação há 25 anos mais abrangente, que abraça diversas tecnologias, não só o Linux.

Em 2012, essas duas organizações resolveram unir suas forças no mundo Linux para criar uma certificação dupla, de forma que o profissional que se certificar no CompTIA Linux+ Powered by LPI, além de receber o certificado da CompTIA, recebe o certificado da LPI, LPIC-1.

Até quando vale a parceria da CompTIA Linux e LPI ?

Valeu até Outubro de 2019. Depois disso a CompTIA só vai ter uma prova única, desvinculada da LPI.

Vale a Pena ter uma certificação em Linux?

Se você está lendo esse post, com certeza quer ter uma certificação de peso reconhecida internacionalmente no seu currículo e no seu cartão de visitas. O mercado de software livre está em crescimento e à procura de profissionais certificados. E isso é ótimo para você, sua carreira e também seu bolso.

Lancei em 2005 meu curso de Linux, que foi aclamada como o melhor curso e livro de estudos para a certificação LPI pela comunidade do BR-LINUX. Este sucesso é fruto de muito trabalho e empatia da comunidade Linux.

Esta curso foi ampliada e revisado para contemplar a reformulação da prova da CompTIA  e LPI em Outubro de 2019, de forma que você vai poder fazer as provas da CompTIA e ter dois certificados em mãos.

Meu curso de Linux é objetivo, didático e focado nos temas das provas LPI LPIC-1. Você irá encontrar exatamente aquilo que precisa estudar e na medida certa para o exame.

E, para cumprir com os objetivos, é preciso que você saiba todos os tópicos das provas 103 e 104.

Os tópicos de cada prova da LPIC-1 são:

Conteúdo da PROVA 101

  • Tópico 101 – Arquitetura do Sistema;
  • Tópico 102 – Instalação do Linux e Gerenciamento de Pacotes;
  • Tópico 103 – Comandos GNU e UNIX;
  • Tópico 104 – Dispositivos e Sistema de Arquivos.

Conteúdo da PROVA 102

  • Tópico 105 – Shell, Shell Scripts e Gerenciamento de Dados;
  • Tópico 106 – Interface de Usuário e Desktop;
  • Tópico 107 – Tarefas Administrativas;
  • Tópico 108 – Serviços Essenciais do Sistema;
  • Tópico 109 – Fundamentos e Serviços de Rede;
  • Tópico 110 – Segurança e criptografia

O exame 101 é a primeira prova requerida para a certificação LPIC-1. Nesta prova são abordados 4 tópicos.

O exame 101 tem 90 minutos de duração e aproximadamente 60 questões. Cerca de 75% das questões são de múltipla escolha onde existe somente uma opção correta. Algumas irão apresentar um cenário onde alguma medida administrativa precisa ser tomada e em outras se pergunta qual o comando apropriado para uma determinada tarefa.

Outros 10% das questões são de múltipla escolha com mais de uma opção correta. Este tipo de questão é sem dúvida mais difícil porque apenas uma opção incorreta invalida toda a questão.

Este exame irá testar seu conhecimento teórico, comandos e suas opções comuns, localização de arquivos importantes, sintaxe de configurações e procedimentos mais usados. Uma vez que você tenha conseguido solidificar os conceitos básicos do sistema operacional, esta não será uma prova difícil e geralmente não existem questões com respostas ambíguas ou maldosas.

O exame 102 é o segundo requerido para obter o certificado LPIC-1.

Este exame cobre uma boa parte da administração de sistemas Linux. Ele não tem a intenção de fazer perguntas de dupla interpretação e nem maldosas, mas os tópicos abordados são mais complexos e exigem maior experiência do candidato. Uma atenção especial deve ser dada nos tópicos relativos a segurança.

Como Marcar a Prova na LPI ou CompTIA?

Pessoalmente eu prefiro marcar a prova em um centro Pearson Vue. Primeiro porque quase sempre existirá um próximo de você e é você quem manda quando quer fazer a prova.

Onde encontrar um Centro PearsonVue? Escolha pelo site deles: http://www.pearsonvue.com. Selecione “TEST TAKERS”. Depois Digite COMPTIA no Box que irá aparecer. Então você poderá clicar no botão “Find a Test Center” e digitar o nome da sua cidade. 

Como é o ambiente da prova?

Ela é feita pelo computador. Então este computador fica numa pequena sala fechada e isolada do som e distrações. Parece um biombo pequeno. Não pode levar nada. Deve deixar celular, agenda, papel, tudo. Eles vão-te dar papel, lápis e um dicionário inglês-português se a prova for em inglês. Qualquer movimentação estranha eles anulam o seu teste. Você também será filmado por uma webcam durante o exame para garantir que ele foi devidamente aplicado e nada anormal ocorreu.

Outro detalhe importante da prova em computador é que, se você errar alguma questão de algum tópico, o computador seleciona mais questões do mesmo tópico para testar ainda mais seus conhecimentos sobre o tema. Isto tem um lado bom e outro ruim. O lado bom é que, se você tiver errado de “bobeira”, terá outra chance de redimir seu erro. Mas se você de fato não estiver devidamente preparado para o tema, está lascado.

Como se preparar para prova da LPI?

O cérebro é um “músculo”. Quanto mais exercitado, mais forte e resistente ele fica. Mais conexões sinápticas ele será capaz de fazer e responder ao ambiente de forma apropriada. Portanto, faça muitos exercícios sobre os tópicos. Exercite os comandos. Veja suas opções e argumentos. Teste as funcionalidades de cada um deles.

Muitas pessoas me perguntam sobre qual distribuição de Linux é a mais adequada para a certificação, testar os comandos, etc. Eu sempre respondo: aquela que você gostar mais. Diferentemente das outras certificações de Linux, a LPI prezam pela independência das distribuições e neutralidade. A prova é focada em LINUX, seja ele qual for.

Ambas as certificações não utilizam na prova nenhum “wizard” ou configurador automático que algumas distribuições têm. De forma que toda configuração e manejo do servidor são feitos com comandos no Shell e diretamente nos arquivos de configuração. Isto é muito bom porque o profissional fica experiente em qualquer Linux e não fica viciado em alguma ferramenta amigável.

Qual o melhor Linux para prova LPIC?

Eu indico do OPEN-SUSE. É uma distribuição muito estável, feita por alemães que prezam muito pela obediência completa aos padrões do Linux Standard. Os comandos, arquivos e estrutura são exatamente como manda o figurino. Só um detalhe importante: precisará se familiarizar com os gerenciadores de pacote Debian e RedHat. E geralmente uma distribuição adota um OU outro. E para se preparar para a prova é bom você estar afiado nos dois modelos. Portanto, escolha uma distribuição baseada em Debian e outra em RedHat.

Se você se matricular no meu curso, nós temos 6 distribuições diferentes de Linux para você treinar à vontade tudo que precisa para passar na prova.

Adote o seu estilo de aprendizagem

Você também precisa se conhecer um pouco para que o aprendizado seja efetivo. Nossa mente trabalha basicamente com 3 tipos de estilos de aprendizagem: físico, visual e linguístico/sonoro. Como você fixa melhor aquilo que aprendeu?

Veja como são estes estilos e tente se identificar neles:

Estilo de Aprendizagem Físico ou motor

As pessoas com estas características são os inquietos, são os fuçadores, os desmontadores de equipamentos e brinquedos, os que querem saber como funciona e ver por dentro, os que não conseguem ficar sossegados em seu lugar.

Eles são pessoas que não conseguem ficar sentadas por muito tempo. Eles simplesmente raciocinam melhor quando seus corpos estão em movimento, balançando o corpo entre uma perna e outra, para frente e para trás. Eles interagem melhor com o mundo através do contato manual e corporal. Os “Aprendizes” físicos adoram esportes, inventar, construir e dançar.

Quando estão aprendendo ou adquirindo capacitação acadêmica, essas pessoas se beneficiarão mais com atividades de expressão corporal, manipulando e tocando objetos, realizando exercícios, etc.

Dicas para você aprender melhor:

  • Realize os seus estudos com montagens e construções de objetos e simulações;
  • Inclua aulas virtuais em computadores;

Alterne seções teóricas e práticas durante o estudo.

Estilo de Aprendizagem Linguístico / Sonoro

São aquelas pessoas que vivem cantando ou entoando algum som mesmo com a boca fechada, os cantores e aqueles descritos com tendo um ouvido musical. Veem sons em tudo. Eles podem não ser os melhores cantores ou músicos, mas eles têm uma habilidade natural para interagir e entender os sons, musicais ou não.

Sua relação com o mundo é através dos sons e ritmos sonoros. As atividades que podem ser mais proveitosas para elas são ouvir músicas, tocar instrumentos, interpretar sons e cantar.

Quando estão aprendendo ou adquirindo capacitação acadêmica, essas pessoas se beneficiarão mais escrevendo letras e canções para músicas, tocando instrumentos para acompanhar seus trabalhos ou de outros, ou desenvolvendo projetos de multimídia.

Dicas para você aprender melhor:

  • Tente transformar aquilo que está a aprender em música;
  • Grave aquilo que está a aprender para escutar depois;
  • Utilize música agradável durante os estudos.

Estilo de Aprendizagem Visual

Estas pessoas são os modernos Picassos e Renoirs, os grafiteiros e rabiscadores, e indivíduos que têm um talento natural para as cores e para harmonizar ambientes. Os indivíduos Visuais parecem ter um senso artístico que faz com que tudo que criem pareça agradável aos olhos. Sua relação com o mundo é através de pinturas e imagens. As atividades que podem ser mais proveitosas para elas incluem pintura, escultura e a criação de artes gráficas. Quando estão aprendendo ou adquirindo capacitação acadêmica, essas pessoas se beneficiarão mais com desenho e criação de diagramas, inclusive gráficos, leitura cartográfica, criação de mapas ou realizando demonstrações.

Dicas para você aprender melhor:

  • Crie apresentações multimídia;
  • Utilize interpretação de mapas, diagramas e gráficos;
  • Use e abuse de ilustrações, gráficos, slides, filmes etc.

Uma vez que você tenha se identificado em pelo menos um destes estilos, faça uso das potencialidades do seu cérebro. Isso facilita seu aprendizado.

Como exercício, execute cada comando de cada tópico pelo menos mais de uma vez, exercitando as possíveis situações. Faça as seguintes perguntas para cada comando estudado:

  • Para que serve este comando?
  • Como ele é usado?
  • Quando ele é usado?
  • Quais arquivos ele afeta?

Sugiro que faça um esquema de espinha de peixe para os comandos, de forma que trabalhe com todas as potencialidades de aprendizado do seu cérebro: visual, físico, e leia o texto em voz alta para também exercitar o lado sonoro.

No meu curso de Linux tenho esquemas espinha-de-peixe ou mapas mentais para todos os tópicos da prova.

Neste tipo de esquema atente a pelo menos dois tipos de estilo de aprendizagem: o físico pois você está fazendo movimentos ao escrever; visual pois você está fazendo um diagrama. Também ajuda na lógica e memorização pois você está categorizando a informação em COMO, O QUE, QUANDO e ARQUIVOS. Se possível compre fichas pautadas 10x15cm que são excelente para fazer consultas rápidas e podem te ajudar na memorização.

Tente imaginar as situações em que os comandos são usados e teste os diversos tipos de opções que eles têm. Isto é importante porque uma opção de um comando pode inverter o resultado.

Por exemplo, o comando “grep uira texto.txt” vai filtrar todas as ocorrências da palavra “uira” no arquivo texto.txt. Já o grep com a opção “-v” inverte, de forma que o comando irá mostrar todas as linhas que não têm a palavra “uira” no texto.txt.

Outro detalhe importante. Leia os “MAN” dos comandos de cada tópico. Eles têm informações importantes que o programador que desenvolveu o software deixou ali de forma especial para você.

Faça Simulados para Prova 101 e 102

Um simulado vai-te dar uma ideia exata de como são as questões das provas com que você vai se deparar pelo caminho. Há questões que são maldosamente formuladas para que você caia na vala do senso comum.

A prova é feita para não ser fácil. E isto é de suma importância para atestar a qualidade das pessoas que são certificadas. Se qualquer um com pouco preparo pode ser certificado, de que adianta exibir este título no currículo? Mas se é para os poucos que realmente se dedicaram e estudaram a fundo, ora, é uma certificação de peso.

Veja que existem questões que vão priorizar pela simples memorização, outras vão exercitar sua capacidade de análise em entender um problema do “mundo real” e sua capacidade de transpor para o “mundo computacional”; outras vão exercitar seu julgamento diante de um problema em questão e outras vão te apresentar um problema e a solução e você deverá avaliar se a solução é a correta ou não e por que.

Existem simulados em livros e em sites na Internet. A maioria é na língua de Shakespeare. Faça todos que encontrar pela frente. E, principalmente quando você errar uma questão, anote para saber qual foi seu erro e, qual seria a resposta correta e porquê. O aprendizado se constrói desta maneira.

Aqui você pode fazer meu simulado de graça, com 180 questões de cada prova.

Ou se preferir, matricule-se em meu curso de Linux, e tenha acesso a mais de 499 questões verdadeiras para prepara-lo de verdade para as provas 101 e 102.

Aprenda muito mais sobre Linux em nosso curso online. Você pode fazer a matrícula aqui com trial de 7 dias grátis. Se você já tem uma conta, pode acessar aqui.

Gostou? Compartilhe 🙂

Como é a prova LPIC 101 ?

Essa prova é a primeira requerida para obter o certificado da LPI LPIC-1.

Este exame costuma ser tranquilo que o exame 102 e cobre uma boa parte da introdução ao sistema Linux.

O exame 101 tem 90 minutos de duração e aproximadamente 60 questões. Cerca de 75% das questões são de múltipla escolha onde existe somente uma opção correta.

Algumas irão apresentar um cenário onde alguma medida administrativa precisa ser tomada. Em outras se pergunta qual o comando apropriado para uma determinada tarefa.

Outros 10% das questões são de múltipla escolha com mais de uma opção correta.

Atualmente existem quatro tópicos chaves para o exame 101:

Tópico 101 – Arquitetura do Sistema: Este tópico aborda determinar e configurar o hardware, periféricos, sistema de boot e mudar níveis de execução de runlevel. Representa 14% da prova.

Tópico 102 – Instalação do Linux e Gerenciador de Pacotes: Neste tópico faz-se saber como proceder com o layout de disco, a instalação do gerenciador de boot, a instalação de programas a partir do código fonte, o gerenciamento de bibliotecas compartilhadas e a usar o sistema de pacotes Debian, RPM e YUM. Representa 18% da prova.

Tópico 103 – Comandos GNU e Unix: Este tópico cobre comandos usados no dia a dia da administração do sistema, sintaxe dos comandos, filtros de texto, processos, prioridades de processos, gerenciamento de arquivos e diretórios, redirecionamentos, expressões regulares e trabalhar com o vi. Representa 43% da prova.

Tópico 104 – Dispositivos e Sistemas de Arquivos: Os objetivos deste tópico incluem criar partições e sistemas de arquivos, controlar e manter integridade do sistema de arquivos, configurar quotas de disco, permissões e links simbólicos. Representa 25% da prova.

Este exame irá testar seu conhecimento teórico, comandos e suas opções comuns, localização de arquivos importantes, sintaxe de configurações e procedimentos mais usados.

Quer aprender tudo que precisa para passar no exame LPIC 101 ? Confira nosso curso de LPIC 101.

Aprenda muito mais sobre Linux em nosso curso online. Você pode fazer a matrícula aqui com trial de 7 dias grátis. Se você já tem uma conta, pode acessar aqui.

Gostou? Compartilhe 🙂

Como é a prova LPIC 102 ?

Essa prova é o segunda requerido para obter o certificado da LPI LPIC-1.

Este exame costuma ser mais denso e complexo que o exame 101 e cobre uma boa parte da administração de sistemas Linux.

O Exame 102 verifica habilidades básicas em seis tópicos:

Tópico 105: Shell, Shell Script e Gerenciamento de Dados: Neste tópico o candidato ao exame precisa saber customizar o ambiente do Shell, escrever pequenos scripts e também fazer pequenas operações para inserir, modificar, apagar e buscar dados no MySQL. Representa 17% da prova.

Tópico 106: Interface do Usuário: Neste tópico faz-se saber necessário instalar e configurar a interface gráfica X11, configurar um gerenciador de janelas e conhecimentos básicos de acessibilidade. Representa 8% da prova.

Tópico 107: Tarefas Administrativas: Aqui o candidato precisa demonstrar proficiência em gerenciar contas e grupos de usuários, automatizar tarefas administrativas, e lidar com a internacionalização do sistema. Representa 20% da prova.

Tópico 108: Serviços Essenciais do Sistema: Neste tópico é necessário demonstrar a capacidade de manter a hora do sistema, configurar o sistema de LOG, configurar um sistema de envio de e-mails e gerenciar impressoras. Representa 17% da prova.

Tópico 109: Fundamentos e Serviços de Rede: Este é o tópico mais complexo da prova e requer boas noções de rede e protocolos da pilha TCP/IP, bem como configurar as interfaces de rede, tabela de rotas, ferramentas de diagnóstico, cliente de DNS e ainda boas noções do IPv6. Representa 23% da prova.

Tópico 110: Segurança e Criptografia: O último tópico requer do candidato demonstrar habilidades em auditar e configurar boas práticas de segurança no Linux, conexões seguras com SSH e criptografia de dados com o GnuPG. Representa 15% da prova.

Este exame não tem a intenção de fazer perguntas de dupla interpretação e nem maldosas, mas seu nível de dificuldade é superior ao exame 101.

Quer aprender tudo que precisa para passar no exame LPIC 102 ? Confira nosso curso de LPIC 102.

Aprenda muito mais sobre Linux em nosso curso online. Você pode fazer a matrícula aqui com trial de 7 dias grátis. Se você já tem uma conta, pode acessar aqui.

Gostou? Compartilhe 🙂

Guia Definitivo para Certificação Linux

Tá certo. Você talvez esteja cansando do serviço de goleiro que passa todos os dias.

Afinal, não é fácil manter uma infraestrutura de TI funcionando 24×7 sem alguns percalços. Sem tomar um gol.

Manter o serviço de TI funcionando é como ser um goleiro. Você só é bom quando não toma gol.

E, na verdade, tem muita coisa para tomar gol quando não está preparado para ir para o ataque.

O difícil mesmo é passar pelo olhar do chefe com aquela cara de “agora isso, de novo?“. Se você trabalha com suporte de TI sabe do que estou falando.

Se você sentiu isso ou sente, esse post é para você. Eu quero que você se liberte e possa olhar as coisas de cima, pelo menos uma vez e quem sabe de vez em quando.

Mas… para isso você precisa ter algo que ninguém tem, ou pelo menos, poucos tem. Certamente estou a falar de uma certificação em Linux.

Tudo bem… você já pensou nisso algumas vezes, mas nada sério, ou que levasse você a pensar mesmo sobre o assunto.

  • Por que obter uma certificação em linux?
  • Em quais certificações devo investir?
  • Qual é a diferença entre os exames lpi e comptia?
  • Quais são as versões de prova?
  • Quais são os benefícios reais da certificação?
  • Onde fazer a prova?
  • Quanto custa?
  • Qual idioma?
  • Quantos pontos é preciso para passar?
  • Quanto tempo dura o Certificado ?
  • Qual material tenho que ter?
  • Existe uma técnica para estudar?
  • O mercado de Linux vale a pena?
  • E depois, o que posso fazer? Qual o caminho ?
  • Qual distribuição devo estudar?
  • Como é o processo para fazer a prova?
  • Quanto tempo preciso para estudar para as provas?
  • Quanto tempo tenho para fazer cada prova?
  • Preciso de curso superior para ser certificado?

Acompanhe nosso Blog para saber as respostas 🙂

Você tem outras dúvidas além destas? Deixe seu comentário! Pleeeease!

Aprenda muito mais sobre Linux em nosso curso online. Você pode fazer a matrícula aqui com trial de 7 dias grátis. Se você já tem uma conta, pode acessar aqui.

Gostou? Compartilhe 🙂

Aprenda Linux de Verdade

Aprender Linux pode ser fácil e divertido. Aqui você terá o melhor conteúdo de Linux, por um preço justo. Apenas 49 mensais e você tem acesso a 22 cursos.

Aprender Linux nunca foi tão fácil e divertido. Aqui você terá o melhor conteúdo de Linux, por um preço justo.

Além de acesso a todo o conteúdo, você terá acesso à 06 versões de servidores virtuais personalizados para sua aula. Assim você aprende tudo que precisa para passar nos exames da LPI e CompTIA Linux.

Veja os cursos:

  • LPIC-1: Exame 101 versão 4.5
  • LPIC-1: Exame 102 versão 4.5
  • LPIC-1: Exame 101 versão 5.0
  • LPIC-1: Exame 102 versão 5.0
  • LPIC-2: Exame 201 versão 4.5
  • LPIC-2: Exame 202 versão 4.5
  • Firewall com Iptables
  • Firewall com Pfsense
  • Segurança em Linux
  • Firewall com Modsecurity
  • Monitoramento com Zabbix
  • Monitoramento com Nagios
  • Cloudcomputing
  • AWS Básico
  • Docker
  • DNS Bind 9
  • Nginx
  • Mysql Tunning
  • Samba 4
  • Squid Proxy
  • Zimbra E-Mail
  • Bacula Backup
  • Apache Web Server

Agarre essa grande oportunidade de se tornar um engenheiro de software em Linux,investindo menos de R$1,63 por dia.   Acesse: www.certificacaolinux.com.br

Open chat