Comando useradd no Linux (cria usuário) [Guia Básico]

O comando useradd no Linux cria contas de usuário no sistema. Seu único parâmetro obrigatório é o login do usuário. 

Se nenhuma opção for fornecida, o comando useradd utilizará as variáveis configuradas no arquivo /etc/default/useradd. O conteúdo deste arquivo pode variar de acordo com cada distribuição:

$ cat /etc/default/useradd 
GROUP=100
HOME=/home
INACTIVE=-1
EXPIRE=
SHELL=/bin/bash
SKEL=/etc/skel
CREATE_MAIL_SPOOL=yes

Se alguma opção for utilizada ao se criar uma conta de usuário com o useradd, ela será utilizada ao invés da variável correspondente no /etc/default/useradd. As informações deste arquivo somente serão totalmente ignoradas se todas as opções correspondentes forem utilizadas ao criar o usuário. 

As opções mais frequentes são:

  • -c “nome do usuário”: Esta opção grava no arquivo passwd o nome do proprietário da conta ou qualquer outra observação e comentário importantes. É um campo alfanumérico e deve estar compreendido entre aspas duplas;
  • -d diretório_home: Esta opção fornece o caminho completo do diretório home do usuário;
  • -m: Cria o diretório home fornecido na opção “-d” com os arquivos e estrutura definidos na configuração de /etc/skel;
  • -g número_do_grupo: Esta opção fornece o grupo padrão da conta do usuário;
  • -s shell: Esta opção deve fornecer o caminho completo do shell utilizado pela conta. Por exemplo /bin/bash, /bin/tcsh, /bin/false etc.

A senha da conta deverá ser configurada depois de criada a conta o com o comando passwd.

Exemplos:

# useradd –d /home/uira –m –c “Uirá Ribeiro” –s /bin/bash –g 100 uira

No exemplo o useradd cria o usuário uira com o diretório home /home/uira com a estrutura definida em /etc/skel, com o nome “Uirá Ribeiro” nos comentários, com o shell /bin/bash e o grupo GID 100.

Um usuário pode ser criado simplesmente com o comando abaixo, informando apenas o login. Neste caso as opções do /etc/default/useradd foram usadas para configurar a conta de usuário

# useradd arthur
# cat /etc/passwd|grep arthur
arthur:x:1005:100::/home/arthur:/bin/bash

Uma vez criada a conta de usuário, os dados podem ser alterados manualmente, editando o arquivo /etc/passwd, ou utilizando o comando usermod.

Aprenda muito mais sobre Linux em nosso curso online. Você pode efetuar a matrícula aqui. Se você já tem uma conta, ou quer criar uma, basta entrar ou criar seu usuário aqui.

Gostou? Compartilhe