Comando type no Linux (descreve algo) [Guia Básico]

O comando type no Linux é utilizado para descrever algum nome informado como parâmetro, como comando interno do bash, programa, função, apelido ou arquivo. Se nenhum nome for informado, ele não faz nada.

O comando type geralmente é usado para descobrir as informações sobre um comando Linux. Você pode descobrir facilmente se o comando fornecido é um alias, shell embutido, arquivo, função ou palavra-chave usando o comando “type”. Além disso, você também pode encontrar o caminho real do comando.

Por que alguém precisaria encontrar o “type” de comando? Por exemplo, se acontecer de você trabalhar em um computador compartilhado com frequência, alguém pode intencional ou acidentalmente criar um alias para um determinado comando Linux para executar uma operação indesejada, por exemplo “alias ls = rm -rf/”. Portanto, é sempre uma boa ideia inspecioná-los antes que algo pior aconteça. É aqui que o comando type vem na ajuda.

Exemplos:

$ type bash
bash is /usr/bin/bash
$ type ll
ll is aliased to `ls -l --color=auto'
$ type for
for is a shell keyword

$ type -t ls
alias

$ type -t mkdir
file

$ type -t pwd
builtin

$ type -t if
keyword

$ type -t rvm
function

A outra vantagem útil do comando type é que podemos descobrir facilmente o caminho absoluto de um determinado comando Linux. Para fazer isso, use a opção “-p” conforme mostrado abaixo:

$ type -p cal
/usr/bin/cal

Este exemplo é semelhante ao comando ‘which ls’. Se o comando fornecido for alias, nada será impresso.

Para exibir todas as informações sobre um comando, use a opção “-a”:

$ type -a ls
ls is aliased to `ls --color=auto'
ls is /usr/bin/ls
ls is /bin/ls

Conclusão

Se você precisar saber sobre um determinado comando, podem usar o type para descrever se o comando é interno do shell, um programa ou um alias.

Aprenda muito mais sobre Linux em nosso curso online. Você pode efetuar a matrícula aqui. Se você já tem uma conta, ou quer criar uma, basta entrar ou criar seu usuário aqui.

Gostou? Compartilhe