Comando tail no Linux (leitura final de arquivo) [Guia Básico]

O comando tail no Linux visualiza no terminal as últimas 10 linhas de um arquivo. Ele também faz a leitura contínua de um arquivo com a opção “-f”, muito utilizada para verificar arquivos de LOG.

O comando tail é o inverso do comando head e do inglês significa cauda.

As opções mais frequentes são:

  • -n número: Especifica o número de linhas finais que o tail irá mostrar de um arquivo;
  • -f: Mostra as últimas linhas finais de um arquivo continuamente enquanto outro processo grava mais linhas. Muito útil para visualizarmos arquivos de LOG.

Exemplos:

Mostra as 50 últimas linhas do arquivo messages:

$ tail –n 50 /var/log/messages

Mostra continuamente as últimas entradas no arquivo messages:

$ tail –f /var/log/messagens

O tail sem dúvida é o comando muito utilizado pelos programadores para análise de LOG, especialmente em aplicações WEB.

Neste tipo de aplicação geralmente é necessário monitorar mais de um arquivo de LOG simultaneamente, como por exemplo, o LOG do servidor Web e o log do serviço de PHP.

Multitail

Para verificar mais de um arquivo de LOG simultaneamente, pode-se instalar a ferramenta multitail.

Ele pode ser instalado no CentOS, Red Hat e Fedora com o comando:

$ sudo yum install multitail

No Debian e Ubuntu:

$ sudo apt install multitail

Para executá-lo, basta fornecer o caminho dos arquivos que quer verificar. O multitail já faz a opção “-f” automaticamente, mostrando o conteúdo dos arquivos continuamente.

$ multitail /var/log/nginx/access.log /var/log/php-fpm/www-error.log
multitail_pt Comando tail no Linux (leitura final de arquivo) [Guia Básico]Tela do Multitail

Conclusão

O comando tail é muito utilizado para inspeção de arquivos de LOG no Linux, especialmente com a opção “-f” que mantém a leitura do arquivo texto de LOG no terminal.

Aprenda muito mais sobre Linux em nosso curso online. Você pode efetuar a matrícula aqui. Se você já tem uma conta, ou quer criar uma, basta entrar ou criar seu usuário aqui.

Gostou? Compartilhe