Comando route no Linux (tabela de rotas) [Guia Básico]

O Comando route no Linux manipula a tabela de roteamento IP do kernel. Seu principal uso é configurar rotas estáticas para hosts ou redes especificadas através de uma interface, após a mesma ter sido configurada com o programa ip.

Tudo que o comando route faz pode ser realizado pelo comando ip.

Se o route for utilizado sem nenhuma opção, exibe a tabela de rotas. 

$ route
Tabela de Roteamento IP do Kernel
Destino         Roteador        MáscaraGen.    Opções Métrica Ref   Uso Iface
default         ip-172-30-0-1.e 0.0.0.0         UG    0      0        0 eth0
10.8.0.0        ip-10-8-0-2.ec2 255.255.255.0   UG    0      0        0 tun0
ip-10-8-0-2.ec2 0.0.0.0         255.255.255.255 UH    0      0        0 tun0
instance-data.e 0.0.0.0         255.255.255.255 UH    0      0        0 eth0
172.30.0.0      0.0.0.0         255.255.255.0   U     0      0        0 eth0

A mesma informação pode ser vista com o comando ip:

$ ip route show
default via 172.30.0.1 dev eth0 
10.8.0.0/24 via 10.8.0.2 dev tun0 
10.8.0.2 dev tun0 proto kernel scope link src 10.8.0.1 
169.254.169.254 dev eth0 
172.30.0.0/24 dev eth0 proto kernel scope link src 172.30.0.46

O comando netstat -r também lista a tabela de rotas:

$ netstat -r
Tabela de Roteamento IP do Kernel
Destino Roteador MáscaraGen. Opções MSS Janela irtt Iface
default ip-172-30-0-1.e 0.0.0.0 UG 0 0 0 eth0
10.8.0.0 ip-10-8-0-2.ec2 255.255.255.0 UG 0 0 0 tun0
ip-10-8-0-2.ec2 0.0.0.0 255.255.255.255 UH 0 0 0 tun0
instance-data.e 0.0.0.0 255.255.255.255 UH 0 0 0 eth0
172.30.0.0 0.0.0.0 255.255.255.0 U 0 0 0 eth0

Em algumas distribuições, o pacote Net-Tools que contém o comando route nem sequer é instalado como padrão, preferido o pacote iproute2 que contém o comando  “ip”.

Aprenda muito mais sobre Linux em nosso curso online. Você pode efetuar a matrícula aqui. Se você já tem uma conta, ou quer criar uma, basta entrar ou criar seu usuário aqui.

Gostou? Compartilhe