Comando free no Linux (uso da memória) [Guia Básico]

Comando free no Linux mostra a quantidade de memória total, em uso e disponível, bem como informações de cachê e swap.

As opções “-b”, “-k” e “-m” mostram a quantidade em bytes, kbytes e megabytes respectivamente:

$ free
        total  used    free   shared  buff/cache  available
Mem:  2039524  189396  178424   131684     1671704   1503316
Swap:       0       0           0

A opção -h mostra as quantidades de maneira mais fácil de ler:

$ free -h
        total  used  free  shared  buff/cache  available
Mem:    1,9G  153M  205M    128M        1,6G      1,5G
Swap:      0B    0B    0B

Abaixo o significado de cada campo:

  • total:         Total de memória RAM instalada no sistema;
  • used:         Memória utilizada (total – free – buffers – cache);
  • free:           Memória disponível;
  • shared:     Memória compartilhada entre os processos usando o tmpfs. Os processos podem alocar memória que compartilham por exemplo com seus processos filhos;
  • buffers:     Memória usada como área de transferência pelo kernel;
  • cache:       Memória usada pelo cachê de páginas de memória;
  • available   Memória disponível sem levar em conta a memória utilizada em buffers e cache

Nas versões antigas do comando free, a informação de buffer e cachê eram separadas em duas colunas, porque o Linux dividia o buffer cachê em duas categorias. O buffer era a memória usada pelo Kernel, e o Cachê era a memória usada pelos processos para cachê. Resolveu-se juntar essa informação em uma só coluna.

O comando free também mostra a quantidade de memória disponível e usada em swap. 

O swap é uma área de disco que pode ser usada como espaço de troca de páginas de memória entre a RAM e o disco, possibilitando aumentar virtualmente a memória do sistema através das paginações entre memória e disco. É um recurso que pode ser usado para evitar um esgotamento da memória RAM. 

Se o sistema faz bastante uso do Swap, é um forte indicativo que há necessidade de se aumentar a quantidade de memória RAM em função do uso do sistema.

Aprenda muito mais sobre Linux em nosso curso online. Você pode efetuar a matrícula aqui. Se você já tem uma conta, ou quer criar uma, basta entrar ou criar seu usuário aqui.

Gostou? Compartilhe